Proteger a memória histórica do aeroporto da Lavacolha

Proteger a memória histórica do aeroporto da Lavacolha

Recentemente foi anunciado que o aeroporto da Lavacolha, em Santiago de Compostela, terá o nome mudado para Aeroporto Rosalia de Castro. Nada a objetar.

Desenho promocional da aerolinha norueguesa Norwegian, com um avião que porta o retrato de Rosalia de Castro

Porém, acho que será de justiça que de alguma maneira este reconhecimento não signifique uma injustiça: o apagamento da memória do antigo Concelho da Enfesta ou do campo de concentração franquista da Lavacolha. Acho que, que ra Junta, quer o Concelho de Santiago de Compostela, deverão adotar medidas para vindicar a memória das pessoas represaliadas e do antigo Concelho vizinho.

Num dos primeiros artigos deste blogue trouxem à tona, precisamente, essas duas matérias. Em 2006, num ato de homenagem às vítimas do campo de concentração da Lavacolha, um grupo de vizinhos e vizinhas protestárom pola falta de serviços das aldeias que formavam o antigo Concelho da Enfesta, atualmente integrado no rural compostelano.

O campo de concentração franquista

Em junho de 1935 foi inaugurado na Lavacolha um campo de voo. Após o golpe de Estado franquista, o lugar foi habilitado como campo de concentração, ativo até novembro de 1939.

Depois da guerra, o franquismo pretendeu converter o campo de voo num aeroporto, para o qual usou a mão de obra presa, cerca de 400 pessoas, muitas das quais acabárom falecendo como consequência das intermináveis jornadas de trabalho, as pésimas condições de salubridade e a falta de alimento.

A anexação da Enfesta

A 29 de dezembro de 1962, o Concelho da Enfesta, cuja corporação presidia Manuel Balado até uma semana antes, foi suprimido e anexado ao de Santiago de Compostela, presidido por José Porto Anido.

O 14 de agosto de 1854, ao principio do Bienio Progresista, o Concello de Enfesta foi suprimido e integrado no de Santiago de Compostela[1]. Foi nomeado no seu lugar un denominado alcalde de parroquia, cuxa responsabilidade abranguía toda a chamada «parroquia de Enfesta». Esta situación debeu durar pouco tempo. O antigo Concelho estava formado polas freguesias de Busto, Carvalhal, Cesar, Enfesta, Grijoa, Santa Cristina de Fecha, São João de Fecha, Marantes, Marantes, Nemenzo, Varzeela e Verdia. Precisamente, a Lavacolha é uma das aldeias de Sabugueira.

%d bloggers like this: