Estrangeiros na própria terra [I]

Hoje, pola primeira vez em muito tempo, sentim-me realmente como um estrangeiro no meu próprio país. Ou talvez, ‘estrangeirizado’. E não apenas eu só, mas também outras pessoas galegófonas coma mim.

Por falta de tempo e de ânimo hoje não contarei mais, mas prometo amanhã ou como muito tarde passado dar em falar.

www.000webhost.com