Falando com propriedade

Às vezes, os tradutores, mesmo que sejam automáticos ou humanos e pertencentes a empresas importantes, cometem cagadas monumentais. Por exemplo, imagino que muitos/as de vós lembrareis quando na web de hotmail estivo pendurado durante meses a mensagem “no recordar my correo en este ordenador“. Vaites com o spanglish! Pois bem, eu resgatei ontem uma outra, … Ler mais Falando com propriedade