‘O Pasquim’ n.º 8 — «Vamos a votos!»

‘O Pasquim’ n.º 8 — «Vamos a votos!»

Há um par de dias que deixei agendado este artigo, cuja data de publicação (28 de Fevereiro de 2007) coincide com uma viagem deste humilde servidor de vocês à capital do país vizinho, isto é, a Madrid/Madri. Precisamente a minha segunda viagem madrilena (na anterior, de passagem, não passei da T4) situa-se a pouco menos de duas semanas das eleições-gerais espanholas, que decorrerão o segundo domingo de Março, dia 9. Justamente, as eleições-gerais no Reino da Espanha são tema central do número 8 d’O Pasquim (sítio oficial, sítio oficioso), com o sugestivo lema «9-M: vamos a votos!!!».

pasquim8franjoarcoblogubl9

Neste número colaboram os já habituais Suso Sanmartin (quem, ademais, coordena), Pestinho +1 e Franjo Padin. A maravilhosa equipa recupera a colaboração de Bruno Ruival (autor da imagem corporativa d’O Pasquim) e, como novidade, duas gratas fichagens: Fer (texto de opinião) e Maceirax (desenho crítico). Como no resto de números, o resto de tarefas continuam sendo as mesmas, com o grande Xico Paradelo assumindo a coordenação adjunta… e quem lhes escreve, pois perpetrando maquetando.

Para vos ir fazendo salibar, já vos deixei acima uma amostra do que podeis ver neste último número mercê um desenho do amigo Franjo Padin. Trata-se de uma versão exclusiva a cor, porque por cousas da imprensa vai-se publicar em negro e branco. Precisamente aproveito para pedir desculpas de coração a todos os colaboradores gráficos deste número cujos contributos iam inicialmente a cor e, por exigências da maquetação ou da linha de marketing da publicação, finalmente vão em branco e negro. É uma sentida eiva que, contudo, não põe grandes obstáculos à análise crítica da realidade feita quadrinhos.

Correcção (4 de Março de 2008): como bem indica o bem-querido leitor e melhor amigo Suso nos comentários deste artigo, a Providência quis com que afinal a charge do amigo Franjo pôde ir a toda cor, ou seja, tal e como aparece neste blogue (mas com maior qualidade e sem os “créditos” integrados).

%d bloggers like this: