Donald Trump não tem uma ‘gémea’ em Bergantinhos (que se saiba)

Tem Donald Trump uma ‘gémea’ na comarca de Bergatinhos? Antes de aprofundar mais, darei a resposta: não, não tem, ao menos que se saiba.

Está a viralizar esta imagem nas redes sociais. Nela vemos uma suposta mulher galega com um estarrecedor parecido com o Trump e uma descrição que a situa por Bergantinhos.  Na Internet costuma funcionar este asserto: se parece demasiado bom para crê-lo, seguramente seja falso.

As imagens que eu vira não eram originais e não tinham suficiente qualidade para as analisar com um mínimo cuidado. O mais atrás que conseguim rastrejar a viral imagem levou-me para este tuit, já com uma imagem decente:

Vá por diante que eu já tenho visto homens e mulheres galegos com certa familiaridade com este indivíduo, portanto a imagem poderia ser verídica. E, fiando um pouco na história, quem sabe se entre os ancestros alemães do Trump não haveria alguns suevos… Aí o deixo!

Voltando para o objeto deste artigo… Após conseguir localizar uma boa imagem, pudem-na ampliar e, a golpe de olho, concluir que era uma montagem. Observa-se com bastante clareza que a cara do Trump foi cortada e colada sobre o corpo desta mulher.

Nos quadros vermelhos podereis comprovar como o autor da montagem utilizou filtros de desfoque para dissimular os efeitos da montagem, produzindo certos borranchos que numa imagem pequena passam despercebidos.

Cortando a cara, virando-a horizontalmente e contrastando alguns elementos significativos, podemos provar que a cara, se não é do Trump, polo menos sim parece coincidir no essencial. Olhai com atenção o espaço entre as sobrancelhas, o padrão morfológico da orelha e a própria forma do nariz para o demonstrar: à esquerda, a cara da foto-montagem; à direita, uma foto do Trump.

 

 

Por último, e nem por isso menos imporante, o conteúdo dos meta-dados que nos oferecem ferramentas on-line como metapicz.com. Segundo este aplicativo, a imagem foi tratada com o Adobe Photohop, versão CS6, num dispositivo Mac.

 

NOTA BENE (15 de maio de 2018)

Finalmente, a realidade conseguiu superar a ficção: a ‘gémea’ galega do Trump existe! Dias depois de escrever o artigo reparei em multidão de artigos (como este) em que desvendavam a sua identidade. Sem imutar-me, trago todas e cada uma das minhas palavras anteriores e análises ‘forenses’! 😀 😀 😀

Segundo leio, a autora da fotografia é a jornalista Paula Vázquez, redatora de La Voz de Galicia. Vá também a ela o crédito (e o mérito!) pola descoberta. Afinal, todo o mundo fica com a protagonista (a senhora Dolores Leis) e comete-se a injustiça de esquecer quem tomou a imagem.

www.000webhost.com