A Real Academia Galega (RAG) não é lugar para «estudiosos»

A reforma ortográfica ILG-RAG de 2003 rejeitou a forma comum lusófona «estudioso» e inventou a nova palavra *estudoso

000webhost logo