Um galego chamado «Rui»

Rui/Roi foi em origem um hipocorístico de Rodrigo, nome de origem germânica. Um dos nomes portugueses mais genuinos é «Rui». Como todo o mundo sabe, em galego é «Roi». A cousa está clara… Ou não?

A épica do Roi Xordo e a certa popularidade atual do nome Roi (da qual alguma culpa terá ele, acho) deixárom-nos a certeza de que em galego é e só pode se Roi.

O caso é que, um dia que estava um bocadinho aborrecido, pugem-ne a navegar pola Gallaecia Monumenta Historica (GMH), e lá topei com mais de um Rui galego, com os seus nomes e apelidos. Eis alguns:

  • Rui Fernandes, notário de Lugo na altura de 1335
  • Rui Gomes, racioneiro (eclesiástico que distribui as rações) em Lugo na altura de 1350
  • Rui Mourinho de Cuinhas, vizinho de alhures entre Cenlhe e São Cibrão das Vinhas, na altura de 1395
  • Rui Martines, que exercia como notário em Compostela na altura de 1418
  • Rui Freire (escudeiro) e Rui Sanches de Moscoso, vizinhos de Compostela na altura de 1421
  • Rui Martis Tourinho, barbeiro, vizinho de Ponte Vedra na altura de 1433
  • Rui Chantada (sapateiro) e Rui (de) Freixeiro, da zona de Marim, na altura de 1433

 

www.000webhost.com