Galiza NÃO se Vende…

… ainda que algumas pessoas deste país, decididamente, renunciaram aos princípios que antes defendiam e optaram por vender-se.

Que interesses pode ter a principal associação ambiental do país para não dar o seu apoio a uma marcha que promove a plataforma que contribuiu a criar?

Que interesses pode ter determinada formação política para procurar a desmobilização, mesmo assustando o pessoal dizendo-lhes que grupos independentistas cobrariam no dia de ontem a sua vingança polas detenções de militantes no passado 8 de Fevereiro?

Por sorte, sempre há gente com coragem, como a matriota galega Luz Fandiño, o sempre combativo Henrique Banet, a gente honesta da Gentalha o Pichel, ou os valentes camaradas de Isca!, únicos representantes do BNG na manifestação e que aguentaram estoicamente alguns apupos ou berros de «BNG, PSOE, PP, a mesma merda é». Isca!, como as suas três vaquinhas do 8-F, mais uma vez deu uma lição de dignidade, inteireza e compromisso com o país.

galiza não se vende

  • Por sinal, uma das perguntas mais recorrentes (ao menos por trás da faixa da Gentalha do Pichel) foi: «onde estão os antidistúrbios para nos protegerem?». Quitando uns poucos polícias locais para regular o tráfego de pessoas e de algum veículo despistado, a presença policial foi praticamente nula. Parece que os da “Galicia Panoli” têm direito à protecção, mas os ambientalistas não…

  • Sim, eu acho que é umha liçom de dignidade a dos/as moços/as de Isca!, e máis se temos em conta que estamos en periodo electoral (as que lhe podem cair nas assembleias…)

www.000webhost.com