Votemos como galegos!

os mortos também votamOu seja, sem documentação. Porque ao menos isso é o que propõe o ínclito regedor municipal da cidade de Lugo, José Clemente López Orozco, instando os emigrantes galegos para que votem sem se identificarem devidamente.

Orozco, professor de Filosofia metido a político pesoísta, parece querer garantir o sufrágio universal... mesmo para um segmento de população que culturalmente sempre teve presença na sociedade galega: os nossos defuntinhos, circunstância conhecida en España y (el) más allá.

Já sabeis, para evitardes a discriminação dos nossos galegos, os do Aquém e os do Além, no 1 de Março de 2009 votai sem vos identificardes, como pede o partido do Governo. E se alguém nos nega o direito e nos insta a nos identificarmos, já conheceis a resposta: dientes, dientes, que es lo que les jode.

  • Tem-che cada cousa o Orozco…

    Haverá que fazer umha manifestaçom “por la libertad de poder votar sin identificarse” 😀

www.000webhost.com