Informática: ilegalizem a ignorância, penalizem a insegurança

Leio que finalmente Microsoft terá de distribuir na Europa de maneiras separadas o sistema operacional Windows e o navegador web Internet Explorer. As autoridades comunitárias entendem que a distribuição de série do IE com o Windows atenta à livre concorrência de outros produtos com idêntica finalidade.

Pessoalmente acho que é bem mais urgente uma outra sentença por outro facto menos cacarejado, que é a distribuição de série do sistema operacional Windows em mais de 95% dos PCs do mercado. É que isto não atenta à livre concorrência de outros sistemas operacionais?

Isto, por não falarmos em que por culpa de semelhante prática, a maior parte dos utilizadores correntes de um computador são totalmente analfabetos quando saírem dos sistemas Windows, o qual lastra as  possibilidades de implantar software livre em empresas ou outras administrações. Não tenho qualquer dúvida de que uma sentença nesta direcção traria como imediata consequência uma brutal redução de custos… e, ante tudo, uma melhora exponencial da segurança, porque hoje em dia, o maior ponto de entrada de vírus informáticos são os produtos estrela de Microsoft: Windows, Internet Explorer e MSOffice.

www.000webhost.com