Neste Natal, deixa o Apalpador entrar no teu fogar

20081107_leandro_o_apalpador_gNeste Natal (denominação cristã para as festas do solstício de inverno), deixa o Apalpador entrar no teu fogar.

E dirás… quem é esse Apalpador, que tem nome de pederasta? Pois antes de mais, livra a mente de preconceitos e maus pensamentos.

O Apalpador é uma figura tradicional do leste da Galiza e praticamente já perdida. Tem a feitura de um gigante de roupas estragadas e cabelos ruivos que na noitinha de 31 de Dezembro desce das montanhas às casas apalpar as barriguinhas das crianças. Se estão bem mantidinhas, deixa-lhes umas castanhas e despede-se deles com o desejo de que continuem assim, ou seja, bem alimentados. E se não têm o bandulho cheio? Pois deixa-lhes também umas castanhas para que o encham. Vamos… adorável!

Em base às descrições logradas por José André Lôpez Gonçález por zonas da Galiza leste (Courel, Lôuçara, Zevereiro…), o desenhador Leandro Lamas elaborou a caracterização que veis à direita deste artigo.

Segundo José Lôpez, estes seriam os principais atributos físicos do mito segundo descrições logradas a começos da década de ’90:

Mora nas devesas dedicado em fazer carvão, um gigante que usa da boina, casaco esfarrapado e com remendas, fuma em pipa e alimenta-se com bagas selvagens e dos javaris […] que caça.

Em 2006 José Lôpez divulgou no PGL as informações sobre o Apalpador de que dispunha, e em 2007 da Gentalha do Pichel começaram a sua recuperação, chegando mesmo a serem noticiados na Rádio Galega.

Este ano, ao mesmo labor contribuem outros colectivos e centros sociais do país. E olho, que as actividades não são apenas na rua, mas também no Facebook, com grupos como O Apalpador quer ser o teu amigo.

Seguro que não sou um iluso se penso que em 2009 o Apalpador será ainda mais conhecido… quem sabe, se calhar algum dia a tradição é tão conhecida como a do Samaim 😉

E que melhor jeito de começar o 2009 que com um calendário do Apalpador? Pode-lo conseguir aqui num PDF de alta qualidade.

NOTA: artigo publicado automaticamente desde Madrid.

www.000webhost.com