Bieito Lobeira, VIP reintegrata?

Fontes de provada solvência muito próximas de Lobeira (em militância, trabalho diário e até amizade) fizeram-me saber que Dom Bieito, isolacionista de portas para fora, é luso-reintegracionista.

Sectarismo nas redes sociais: Chuza e as Wikipédias

Antes de mais, queria começar este artigo parabenizando o amigo O Demo por ter desmontado tão bem algumas das falácias que pudemos ler nestes dias sobre a aparente crise que sofre Chuza.

Carta enviada à conselheira de Sanidade

Em relação com um recente artigo no qual falava do uso de topónimos deturpados por parte da Conselharia de Sanidade, redigi a seguinte missiva para a conselheira de Sanidade, Dona María Jesús Rubio Vidal.

Não me odieis!

Estou que não posso. Nos últimos dias detecto que há um grupo de gente que… bom, não é que não comungue com as minhas ideias: simplesmente, odeiam-me.

De galeguzos, wikipédias, isolo-reintegratas e espanholistas

Boa se armou ontem em Vieiros com a publicação de um artigo em aparência intrascendente: a Wikipédia em espanhol deturpa os topónimos galegos. Como se isso fosse novidade!

Escândalo! A Conselharia da Sanidade não respeita os topónimos galegos!

No meu cartão sanitário, expedido pola Conselharia da Sanidade, continua-se a deturpar a toponímia do País.

Liberdade linguística

Ante as proclamas dos grupos espanholistas em prol da liberdade linguística, hoje quero dedicar o meu artigo a analisar o que isso significa.

Independência (‘buenrollera’)

Grafito (“pixa” por algures no Brasil) fotografado na porta de um urinário na Faculdade de Jornalismo da USC esta mesma semana. (A nota em castelhano, ainda que não se note muito, foi feita com uma cor diferente… Talvez uma pessoa distinta da que fez o grafito principal??).

Um outro galego (isolacionista) é possível

«Nos últimos anos a prensa gratuíta incrementou a sua presenza no escenario informativo dos meios em Galiza, contribuindo à diversificación da oferta informativa mediante a ediciom de xornais escritos integramente em língua galega. Em opiniom da Secretaria Xeral de Comunicaciom […]».

Viva Españ(h)a!

Se reparam no cartaz da imagem, corresponde-se com um dos muitos que anunciavam a Fiesta Españhola. Acima dele, porém, alguém riscou com caneta azul a frase «VIVA ESPAÑA!».

000webhost logo