Os custos de ser reintegrata

Enunciação de alguns dos custos de ser reintegrata…

  • na casa vem-me com um aportuguesado
  • minha mãe não percebe porque quero escrever tão esquisito [PDF]
  • como a normativa da Xunta escreve tudo xunto (Toxosoutos por Tojos Outos), e como o ñ ou o ll ocupam menos que o nh ou lh, desde que sou reintegracionista na prática dura-me menos a tinta da caneta (e tardo mais em redigir cousas no computador)
  • tenho duplicidade de normas e de normativas na minha cabeça e constantes equívocos internormativos na minha cabeça, pois para o trabalho estou obrigado a usar a norma oficialista
  • todas as minhas conversas sobre a Galiza, o nacionalismo ou a língua tendem a derivar sobre o dualismo isolacionismo vs reintegracionismo (Lei do Berto)

Publicado

em

por

Etiquetas:

Comentários

7 comentários a “Os custos de ser reintegrata”

  1. Avatar de suso

    Todos os problemas sejam esses!!! (E obrigado polos links) 😉

  2. Avatar de María
    María

    Aumentanto o que parece ser o primer principio, cando falo reitegrado a minha familia e amigos nao me entenden.

    En fin, espero ver as vantaxes de ser reitegrata, se me convences, cambiome de bando hahaha

    Beijos!

  3. […] falar de alguns custos, a seguir vou enumerar algumas vantagens de ser […]

  4. […] falar de alguns custos, a seguir vou enumerar algumas vantagens de ser […]

  5. […] falar de alguns custos, a seguir vou enumerar algumas vantagens de ser […]

%d bloggers like this: