Quando nem o BNG respeita os topónimos do país

castro riberasA imagem que acompanha este post estava originalmente localizada aqui. Carreguei-a no meu servidor para guardar uma prova da infâmia, da infâmia de uma conselharia do BNG utilizar topónimos em espanhol.

Neste caso trata-se de Turgalicia, uma entidade que depende directamente da Direcção Geral de Turismo, que por sua vez depende da Conselharia de Inovação e Indústria. Quê explicação têm para manter no seu web topónimos espanholizados como um que já farta muito, caso de Castro Riberas de Lea?

Por certo, que não são os únicos: a Voz, na sua edição de ontem, fazia outro tanto… ou pior, já que à parte de mutilar um artigo no topónimo original (Castro de Ribeiras do Lea) e de reduzir-lhe o ditongo, também deixava as ribeiras em singular.

www.000webhost.com