17 anos sem Ricardo Carvalho Calero

Hoje, 25 de Março, cumprem-se 17 anos sem Ricardo Carvalho Calero, a figura mais conhecida do galeguismo histórico, chamado de «professor» tanto por isolacionistas quanto reintegracionistas. A modo de homenagem, deixo um interessantíssimo debate entre o ilustre galeguista e o pseudo-científico asturiano Constantino García, onde se vê claramente o talhe intelectual de cadaquém.


. . . . .
Nota: se tiver qualquer problema para escuitar o ficheiro, pode descarregá-lo aqui. Agradecimentos polo áudio à revista Çopyright. Entrevista emitida na TVG em Maio de 1987 (duração, 31 minutos e 20 segundos).

carvalho_calero

 

  • Tawil

    Comparar o talhe intelectual… e a qualidade linguística 😉

  • Galeguzo

    Ui, Fer, eu não queria meter-me a valorizar a qualidade lingüística… do Sr. Constantino. A fim de contas, o insigne catedrático asturiano veio à Galiza com toda a sua boa vontade ensinar-nos aos galegos como se deve escrever o nosso idioma, «que leva separado do português nove séculos».

  • Silbino

    A norma do galego fixoa un asturiano!!!! Agora entendo tantas cousas

  • an_fianna

    A ver, a ver, que tamén há asturianos bos, por muito que haxa xente desexosa de intercambiar a Mariña Oriental polo Berzo :-p
    Nove séculos separados! Gostaria de saber eu os motivos aduzidos polo sr. Garcia para o divórcio.

  • a do caldeiro

    UN RESPEITO POLA MARIÑA ORIENTAL, MOITO QUERER TROCARNOS POLO BIERZO MAIS PERDERIASE UN IMPORTANTE REDUCTO PARA O GALEGO, AINDA NON ESTAMOS CONTAMINADOS EN DEMASIA POLOS URBANITAS…

  • Galeguzo

    A Marinha não se toca, olho :)!!

    Fora as sujas mãos astur-nazis do nosso idioma 😉

www.000webhost.com