El País VS Libération: quem copia quem?

Deixo-vos a capa das versões electrónicas de El País e Libération. As capturas de ecrã foram tomadas o dia 6 de Fevereiro ao meio-dia. É sobejamente conhecida a influência (sobretudo a nível de tendências) que o rotativo francês tem sobre o espanhol, mas nem tanto nas edições electrónicas. Porém, e chegado a este caso particular, a pergunta é óbvia: quem copia quem?

Elpais.com, 6 de Fevereiro
elpais_capa

 

Libération.fr, 6 de Fevereiro

liberation_capa

. . . . .
NOTA: este post está dedicado à pessoa que me deu a conhecer estas ‘coincidências’. Essa pessoa é, aliás, a minha melhor amiga.

  • chexire

    Non entendo ben, ¿refíreste ás semellanzas de maquetas? Porque se é así, non creo que se poida falar de dcopia.

    Máis ben, reflexa o aburrimento que impera no deseño de xornais web dende o redeseño de Clarín. Parece que non hai alternativa ás 3 columnas. Gago tiña un bo post sobre iso a raíz do redeseño de Elpais. Claro que eu non o faría mellor ca eles…

    Se non falabas do deseños, as miñas desculpas polo coñazo que acabo de soltar 😉

  • Galeguzo

    Referia-me à colocação dos elementos: publicidade na zona superior, publicidade à direita, vídeo no canto superior esquerdo…

    A a nível de desenho, também alguma similitude na sua barra de secções, ou não crês?

    Em geral, mudando as cores, pareceram-me dous pantalhaços miméticos.

    NOTA: até há pouco, elpais.es tinha um desenho a 2 colunas (calcado de Clarín).

www.000webhost.com