Quanto se juntam a fame e as ganas de comer…

Temos na rede um maravilhoso documento com a entrevista que lhe realizou o ultranacionalista espanhol Federico Jiménez Losantos ao líder pepeiro-galaico Alberto Núñez Feijoo. Durante a conversa, ficou clara (se é que havia dúvidas) a autêntica face de Frijolito sobre questões tais como o carácter nacional da Galiza, o estátus da língua galega, ou a própria reforma do Estatuto de autonomia.

As colaborações dos ouvintes da Cuepe tampouco têm qualquer desperdiço; são uma exibição de puro reaccionarismo e mesmo fascismo nalguns casos, já que se põe em causa o próprio direito dos galegos a usarem o seu idioma em todos os âmbitos.

Frijolito também deixa detalhes da sua ignorância, assinalando que “Galicia es una comunidad histórica desde el siglo XX”, e que o é “porque en 1936 tenía aprobado un Estatuto de autonomía”. Por outra parte, e igual que já acontecera com uma entrevista em El País, Feijoo incorre em continuadas contradições.


. . . . .
VIA: Chuza!

  • marykinha

    O teu é enfermizo… o programa de Federico comeza de madrugada e ti poste a escoitalo???
    Para esas cousas é mellor non espertar e quedar na cama durmindo…
    Bicos

  • Galeguzo

    Devo confessar que entre os 16 e os 29/20 anos escuitei de forma bastante frequente o programa La Linterna. Não há nada melhor que saber como pensam os teus pólos opostos: sempre lhe servem a um para (re)situar-se e contrastar opiniões.

    No caso particular da entrevista a Frijolito, não tivem o prazer de escuitá-la em directo: ouvi-a em diferido pola internet, na mesma ligação que ponho no blogue.

  • a randeeira

    O caso de Feijoo cambiando de rexistro dependendo con que fala é moi grave … en canto os que chamaban por teléfono son os habituais do programa, cando menos un que falaba do idioma tiña acento andaluz.

  • Galeguzo

    Esse que falava com sotaque andaluz dizia ser dos “gallegos de toda la vida” :-D!!!

www.000webhost.com