Já quase temos ghit

Amanhã, sábado 9 de setembro de 2006, teremos Ghit. Depois de longa espera e de se ter criado um fenómeno social (pouco explorado a nível de merchandising: apenas umas camisolas distribuídas de graça… que dure! ;^).

Desde logo, de todas quantas escuitei, tenho duas das que gostei e ri a partes iguais: “O iogur de fresa” e “Patatiñas no café”. Precisamente, colo o vídeo da primeira (que é a nossa favorita, verdade?) e ligação para escuitardes a segunda, se é que ainda não a conheceis.


Publicado

em

por

Etiquetas:

Comentários

5 comentários a “Já quase temos ghit”

  1. Avatar de XM Carreira: Caixa do Mendinho
    XM Carreira: Caixa do Mendinho

    A das festas debería ser a gañadora. E se non a de Quim Barreiros, haha.

  2. Avatar de Uz
    Uz

    Bom, já se sabe que sobre cores não há nada escrito. Há muitas canções boas (boíssimas, diria) no «A Polo Ghit», e isto é algo muito importante.

    Além disto, não menos importante é o facto de se ter convertido em fenómeno social (mesmo que o seu cerne estiver no Blogomilho e na Net.galega).

    Na minha opinião, em termos gerais, foi uma experiência mais que positiva que, ainda, ajudou em parte a uma tímida renovação do Luar (com regresso pontual do Xurxo Souto inclusive).

    O futuro dos meios públicos galegos pode estar em se saber adaptar e em apoiar iniciativas tão bem sucedidas como esta que amanhã finaliza. E se aprendermos a lição, para o ano deveria-se promocionar como é devido (mas na linha de agora e nada de logótipos Junteiros a lixar a experiência).

    O iogur de fresa, o licor-café, as “patatiñas” no café, a exortação das festas e outras delícias (para-)gastronómicas já formam parte das nossas vidas. E é sobretudo isto que importa!

  3. Avatar de XM Carreira: Caixa do Mendinho
    XM Carreira: Caixa do Mendinho

    A das festas debería ser a gañadora. E se non a de Quim Barreiros, haha.

  4. Avatar de Uz
    Uz

    Bom, já se sabe que sobre cores não há nada escrito. Há muitas canções boas (boíssimas, diria) no «A Polo Ghit», e isto é algo muito importante.

    Além disto, não menos importante é o facto de se ter convertido em fenómeno social (mesmo que o seu cerne estiver no Blogomilho e na Net.galega).

    Na minha opinião, em termos gerais, foi uma experiência mais que positiva que, ainda, ajudou em parte a uma tímida renovação do Luar (com regresso pontual do Xurxo Souto inclusive).

    O futuro dos meios públicos galegos pode estar em se saber adaptar e em apoiar iniciativas tão bem sucedidas como esta que amanhã finaliza. E se aprendermos a lição, para o ano deveria-se promocionar como é devido (mas na linha de agora e nada de logótipos Junteiros a lixar a experiência).

    O iogur de fresa, o licor-café, as “patatiñas” no café, a exortação das festas e outras delícias (para-)gastronómicas já formam parte das nossas vidas. E é sobretudo isto que importa!

  5. […] o fio de dous posts mais abaixo, para dizer que já temos ghit: «In the Ocean», do Pulpiño […]

%d bloggers like this: