Arde a Galiza com lume florestal

Nota prévia: copiado e extractado da Pensa·Galiza.

Quanta razão tinham «Os resentidos». Todos os verãos, a mesma cantinela: as galegas e os galegos vivemos a vergonha nacional que supõefumarmos o País polo nariz“. E enquanto a classe política dá sobradas evidências da sua falta de capacidade, mais uma vez a internet galega, espelho da sociedade civil inconformista, moviliza-se contra a ineptitude e contra a intoxicação mediática convocando concentrações nacionais para o 9 de Agosto e apelando à solidariedade para combater os lumes.

(…)

A só-ciedade civil,que está francamente só e porque só é ela capaz de articular discursos coerentes, está a dar (mais uma vez) mostras sobradas da sua competência e do amor polo país. Iniciativas como o recém criado sítio web da plataforma «Arde Galiza» são um exemplo.

Também é de alabar o labor dos visitantes de webs como Chuza!, recompilando quanta informação e iniciativas vão surgindo em relação com o terrorismo ecológico que representam os incêndios provocados. Um exemplo deste inconformismo vemo-lo no web de Calidonia, deixa cair a dúvida sobre porquê será que a maioria dos incêndios coincidem com as áreas do País mais densamente povoadas.

Precisamente a sociedade civil galega convocou duas manifestações a nível nacional para o 9 de Agosto, nas cidades de Compostela e de Vigo, sendo que ambas as duas começarão às 20h30. A da capital galega sairá da Praça de Cervantes, enquanto a viguesa iniciará na Rua Príncipe (diante do MARCO).

www.000webhost.com